terça-feira, 1 de outubro de 2013

QUEM SOMOS:

Somos uma empresa (Pessoa Jurídica) com expertise em degravação de áudio atuante no mercado de toda a federação brasileira desde 2004 com experiência em órgãos públicos, justiça federal, empresas, áreas acadêmicas etc. Nossos profissionais, graduados em Letras prezam a satisfação de nossos clientes, por isso, se comprometem em honrar a nossa bandeira: Excelência, o nosso diferencial.
 

NOSSOS SERVIÇOS:


ü  Degravação (transcrição) de Áudio/Vídeo nos idiomas Português, Espanhol, Francês, Inglês;

ü  Degravação com Traduções (Português, Espanhol, Francês, Inglês);

ü  TRADUÇÕES de texto, livros, revistas etc.;

ü  Confecção de Atas (material resultante da degravação);

ü  LEGENDAGEM;

ü  Revisão textual;

ü  GRAVAÇÃO de reuniões, seminários, assembleias, eventos em geral com SONORIZAÇÃO AMBIENTE;

ü  Filmagem;

ü  LOCAÇÃO de equipamentos para gravação de áudio e sonorização ambiente;

ü  Conversão de fitas k-7/VHS/Mini DV/Beta para áudio digital (CD-R/DVD-R);

ü  DIAGRAMAÇÃO – Editoração impressa/Digital e eletrônica.

 

ÁREA DE ATUAÇÃO:



ü  JUSTIÇA FEDERAL: perícias; audiências públicas; audiências de procedimento arbitral; depoimentos de oitivas; gravações diversas para fins de instrução processual; etc.,

ü  ÓRGÃOS PÚBLICOS: seminários, congressos, reuniões administrativas, cursos, simpósios, palestras, programas de TVs e/ou rádios; eventos em geral;

ü  EMPRESAS: reuniões administrativas, reuniões condominiais, eventos em geral;

ü  ÁREA ACADÊMICA: aulas; cursos; seminários; grupo focal, entrevistas para teses de mestrado, doutorado, monografias etc.;

ü  Outros.

EXCELÊNCIA: O NOSSO DIFERENCIAL


ü  Transcrição/áudio ipsis verbis;

ü  Revisão ortográfica ipsis litteris. A degravação será entregue em arquivo de texto editável (doc., docx.), fonte Arial, tamanho 12, com identificação prévia dos nomes dos interlocutores, quando possível; com revisão ortográfica e gramatical segundo a norma culta, nos padrões da nova Ortografia da Língua Portuguesa e da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), conservando o idioleto de cada interlocutor. A revisão requer uma segunda escuta do áudio.

ü Revisão: (da degravação) com reestruturação de frases, concordâncias verbal e nominal, eliminando as repetições, os vícios de linguagem, deixando o texto mais acadêmico possível (se necessário);

ü  Agilidade - (urgência - cumprimento do prazo na entrega do produto final);

ü  Grafia correta de: termos técnicos; siglas; vocábulos, expressões e frases em outros idiomas  etc.;

ü  Sigilo: "Em concordância com o Decreto nº 7845/2012, a Brasília Degravação, ora contratada, se compromete a guardar sigilo, nos termos da Lei nº 12.527, de 18 de novembro de 2011, bem como a tratar e a preservar as informações classificadas em qualquer grau de sigilo contidas nos material/arquivos que forem fornecidos à contratada pela contratante, sem divulgá-las a terceiros, copiar ou reproduzir por qualquer meio ou modo. Bem como garante que todos os funcionários que tenham acesso às informações fornecidas contidas no material a ser degravado assinem termo de confidencialidade e sejam advertidos das penalidades legais por quebra de sigilo conforme legislação vigente".

ü  Busca e entrega in loco (material a ser degravado e produto final - Distrito Federal. Demais federações: via Correios/Internet;

ü  DO PRAZO DE EXECUÇÃO e MODO DE ENTREGA: Estimar-se-á 01 (um) dia útil para cada hora de áudio a ser degravada, podendo atender em caráter de urgência (previamente acordado entre as partes). O produto final da DEGRAVAÇÃO deverá ser entregue em arquivo de texto editável (doc., docx.) e em PDF, via impressa com encadernação/espiral; cópia eletrônica (CD-R), também enviada por e-mail (se necessário); 

ü  Atende toda a federação nacional;

ü  Fornecimento de nota fiscal + certificação para degravações com fins de instrução processual.

O 'Serviço de Degravação':

 
O 'Serviço de Degravação' consiste na transcrição, ipsis verbis, de um arquivo de áudio para um arquivo de texto digital.

Em síntese, o degravador escuta o ato linguístico contido num arquivo eletrônico de áudio e o digita, integral e fielmente, transcrevendo-o para a linguagem escrita.

Alguns de NOSSOS CLIENTES









O TERMO 'DEGRAVAÇÃO'




Degravação’ é um item lexical que não encontra acepção em entrada de dicionários, enciclopédias, glossários da Língua Portuguesa (Brasil), pelo menos no que se refere a edições mais antigas. Também não consta da atualíssima edição do Dicionário Escolar da Língua Portuguesa da Academia Brasileira de Letras.

Talvez o termo 'decodificação' ('de-' + codificação') explique a neologia do vocábulo 'degravação' (de-' +  'gravação'), semelhantes quanto à forma. E por que não dizer quanto à significação?

'decodificação' = passar (mensagem codificada) para outro código, em linguagem inteligível; mudar um código em outro. (Dicionário Eletrônico Houaiss). Ou seja: passar da linguagem falada para a linguagem escrita - no caso da 'degravação'.

O Prefixo 'de-'

Nenhum dos vários significados empregados ao prefixo 'de-' se encaixa ao empregado na palavra 'degravação', contudo o Dicionário Eletrônico Houaiss consiga que  "há casos em que o sentido de de- se enfraqueceu, servindo o pref. apenas para renovar uma f. simples: dealbar, deambular".

Na neologia recente, convencionou-se sinonimizar ‘degravação’ com ‘transcrição’.

['transcrição': do lat. transcríbo,is,psi,ptum,bère 'transcrever, copiar; alistar, registrar'; escrever (um determinado conteúdo) em outro lugar; trasladar, reproduzir; passar para o papel ou equivalente (algo) que está sendo ouvido (p.ex., um texto de discurso, uma música etc.)].

Considerações sobre o termo DEGRAVAÇÃO:

http://rescaldado.blogspot.com/2009/08/o-que-e-degravacao.html

http://lucianapombo.blogspot.com/2008/01/as-degravaes.html